Coisas que um Líder de Ministério de Crianças deveria fazer todos os dias… pt2

wall-plug-XSmall-300x145 Continuando a serie “Coisas que um Líder de Ministério de Crianças deveria fazer todos os dias…” vamos ao nosso segundo item. Se você não leu o primeiro post clique aqui.

Conecte-se com um Voluntario.

Todo dia é um dia importante para interagir com um voluntário. Uma simples mensagem de texto por what’s app, ou uma mensagem no facebook até um curto e-mail.
Talvez você queira tomar um café ou fazer um lanche. Se o dia passa e você não se relaciona com um voluntário você esta perdendo  a oportunidade de pastoreio e diminuindo as chances de crescimento relacional entre você e o ministério.

Então se mova e faça aquilo que você tem que fazer!

Nos vemos amanhã onde iremos falar sobre outro item sobre Coisas que um Líder de Ministério de Crianças deveria fazer todos os dias…

Anúncios

06/08/2014 at 14:00 Deixe um comentário

Coisas que um Líder de Ministério de Crianças deveria fazer todos os dias…

wall-plug-XSmall-300x145Durante esta semana vou publicar uma série de 5 pontos que deveríamos nos dedicar diariamente. Sei quanto pode ser difícil realizarmos isto diariamente mas policie-se. Serio! Elas são importantes, por isso crie uma rotina faça o que for preciso e se concentre no que vale a pena!

Primeiro e mais importante…

Conecte-se com Deus

Infelizmente, parece que a coisa mais fácil de deixar escapar  é  nosso tempo devocional diário com Deus.  Tudo parece acontecer tão rápido  (trabalho, faculdade, compromissos… e a lista não tem fim) e quando nos deparamos saímos rapidamente da total dependência de Deus para uma ingênua confiança em nossos dons e habilidades; e claro, não posso deixar de mencionar para um desastre. Você pode carregar o mundo por alguns por um tempo, mas ele vai desabar sobre você logo em seguida.
Aviso: se você não tem um tempo devocional com Deus diário, então você está a beira de um desastre!

05/08/2014 at 23:45 3 comentários

Quer saber se as crianças gostam do seu ministério?

91174214Certamente você como eu quer saber se as crianças gostam do seu ministério de crianças, certo? Através de duas expressões você pode descobrir.

Aqui estão duas expressões que carregam muito peso ao serem ditas por uma criança.

A primeira expressão é “Foi Divertido!”. Se você quer descobrir se as crianças se divertiram, pergunte a elas se foi divertido ou não. Mas se mesmo assim você não estiver certo disto, aqui esta uma dica. Quando os pais vierem a porta para levar suas crianças observe a reação e a resposta a simples pergunta  “Você se divertiu hoje?” Outro ponto é aquela famosa expressão “Mas já acabou?”… bom sinal pra você e sua equipe!

Para uma criança aqui está o que significa diversão. Eu estava envolvido … me deram atenção … me ensinaram usando um estilo de aprendizagem relevante… foi interativo … eu pude falar … eu pude me mover … eu brinquei … foi apropriado para a minha idade … fui honrado e recebi atenção.

Tudo bem elas não vão usar estas palavras … mas quando elas dizem “Foi Divertido” é isso o que elas queriam dizer.

A segunda palavra é “Foi Chato!”. Quando uma criança diz que algo foi chato, isso significa que o oposto aconteceu. A lição não foi interessante … não foi aplicado um estilo de aprendizagem que fosse compreendido por ela … elas tinham que ficar parado (como pode, nem eu consigo ficar parado)… eles não podiam falar (serio, alguns lugares elas são proibidas de falar)… não me deram atenção (voluntários acho que é hora de desligar o whatsapp).

Então … se você quer ter um verdadeiro retrato do quão eficaz o seu ministério tem sido em envolver as crianças com a Palavra de Deus …. pergunte a elas, e veja o que elas pensam. Tudo que você precisa fazer é analisar as respostas. Foi divertido! ou Foi chato!.

E você como avalia se as crianças gostam do ministério de crianças em sua igreja?

10/06/2014 at 16:32 1 comentário

10 motivos para inspirar você a brincar com as crianças

74103366Há um tempo percebi a importância de separar um tempo para brincar com as crianças durante a programação. Brincar pode ser uma excelente forma de se conectar com as crianças que estão visitando, afinal as crianças ficam mais abertas quando são convidadas a brincar. Melhor ainda se você pode aliar brincadeiras as atividades de aprendizado. O tempo passa e você nem percebe.

Aqui estão 10 motivos que acredito que vão inspirar você a brincar com as crianças na próxima semana.

1. As crianças aprendem através de brincadeiras e jogos.
2. Brincar deixa a igreja mais divertida.
3. Você pode usar brincadeiras para rever o que você ensinou.
4. Você pode usar brincadeiras ou jogos para se conectar com as crianças antes do início da aula. Funciona muito bem com crianças novas.
5. Brincadeiras e jogos ajudam as crianças a aplicar o que aprenderam.
6. Brincadeiras e jogos ensinam as crianças a colaborar com os outros.
7. Brincadeiras e jogos ajudam a manter a atenção das crianças.
8. Brincadeiras e jogos ajudam as crianças a construir relacionamentos com outros.
9. Brincadeiras e jogos ajudam as crianças a memorizar as Escrituras.
10. Crianças gostam de Brincar e jogar.

Mas lembre de usar jogos e brincadeiras apropriados para cada faixa etária assim você e elas se divertem mais!

Então, qual é o seu jogo ou brincadeira favorita para jogar na igreja? Compartilhe o seu jogo favorito na seção de comentários abaixo.

06/06/2014 at 16:48 Deixe um comentário

5 maneiras fáceis de lembrar o nome das Crianças

184951937Quando você tem o mesmo grupo de carinhas olhando para você a cada semana lembrar nomes delas é uma coisa fácil não é mesmo?. No entanto, o que acontece quando você tem um grande grupo ou uma classe que esta em crescente movimentação? Isso já aconteceu com você?Eu vou imaginar o rosto de uma criança durante toda a semana, orar por ela e, em seguida, deixar de recordar o nome dela quando a ver. Culpar a idade é engraçado, mas as crianças precisam saber que você se lembra de quem elas são. Em vez de chamar todo mundo “querida” ou “amiguinho” ou criar apelidos para cada criança em sua igreja, cuidado com os apelidos algumas vezes eles podem ferir as crianças, então tente estas maneiras fáceis de lembrar o nome de cada uma:

1. Tenha uma conversa. Quando duas pessoas se encontram pela primeira vez, muitas coisas passam pela cabeça. Até mesmo os adultos se perguntam: “Será que ela gosta de mim?” Ou pensam coisas como “Eu espero que eu não a tenha constrangido.” Quando você encontrar uma nova criança, pela primeira vez, fale com ela. Antes de saltar e treinar seu cérebro para lembrar o nome, faça um elogio a criança . Algo como: “Ei, eu gosto do caminhão na sua camisa. Ele se parece com o meu caminhãozinho de quando eu era pequeno. “Mande embora o nervosismo e, em seguida, pergunte o nome da criança.

2. Por favor, escreve o seu nome. Uma boa maneira de lembrar de um nome é saber como se escreve. Pergunte ao seu novo amigo, “qual o seu nome. Como se escreve isso?  (apenas faça esta pergunta se a idade for apropriada … certo?!) “Repetir a ortografia e dizer o nome da criança em voz alta. Seu cérebro vai dizer: “Ah, entendi. Vou me lembrar desse nome. ”

3. Use um formulário de inscrição. Tenho formulários de inscrição na mesa de boas-vindas, mas, até recentemente, eu não estava usando este recurso, exceto a coleta de informações como endereço delas e dados para contato. Mude a forma sobre e fazer algumas anotações. Você pode escrever algo como: “Ana Silva é irma do João Silva.” Isso pode ajudá-lo a lembrar o nome.

4. Relacionar o nome de alguém conhecido. “Uau, seu nome é Jonas?Esse é o nome da meu personagem biblíco favorito! “Pode funcionar se você associar com alguém especial ou famoso que você conhece.

5. Cara Crachá. Afinal quem iria errar olhando “Cara Crachá? Estes lembretes são ferramentas úteis para lembrar os nomes de uma multidão de crianças. Coloque um em um local vizivel em seguida entregue outro para todas as crianças do seu grupo ou sala. Como o passar do tempo , eles serão simples acessórios e você sera o rei dos nomes.

Você com certeza vai se lembrar de nomes das crianças, basta um pouco de treino e o seu cérebro vai ser um livro de nomes.
Em breve vou escrever porque é tão importante lembrar o nome das crianças. Por isso fique ligado e se inscreva para saber quando teremos posts novos! Ah e antes de terminar qual é o seu nome?   e como você memoriza o nome delas?

03/06/2014 at 14:44 Deixe um comentário

Criando um Ambiente de Ministerio de Crianças!

7027120627_8c826c2780_oQuando você ouve as palavras “ambiente do ministério de crianças” o que vem a sua mente?

Decoração? Iluminação? Entrada? desenhos na parede? Cenografia?

Se você respondeu qualquer uma dessas alternativas, você está no caminho certo. Todas essas são definitivamente parte do ambiente para ministério de crianças, mas eles são apenas uma parte do ambiente.

Seu ambiente também inclui os jogos , músicas, e  atividades que as crianças que vão fazer – tudo como planejado – para não mencionar as pessoas que conduzem esses jogos e músicas. Quando se trata de ambientes no ministério, precisamos olhar mais do que tijolos e argamassa de pintura e iluminação. O ambiente é realmente definido como a soma total da experiência de uma pessoa em seu espaço.

Tudo o que uma pessoa experimenta em seu ambiente define o que é importante para você.

Você pode ter um espaço incrível cheio de iluminação  e  cenários para as crianças, mas se o seu conteúdo não envolve as crianças, nada disso importa, não importa! serio!

Você pode fornecer um conteúdo dinâmico em um ambiente para crianças, mas se você não tem relações fortes para reforçar o que as crianças estão aprendendo, as crianças vão se cansar  e começar a ficar entediadas. Tudo importa.

Pense em um parque temático da Disney. A partir do momento que você pisa no estacionamento você conhece a história que eles estão tentando contar, você sabe que a história será contada magicamente, e você sabe que as pessoas vão tratá-lo como estrelas de rock, enquanto eles lhe contam a história.

Como você cria um ambiente envolvente no ministério? Bem  três coisas precisam ser levadas em consideração:

Conteúdo: o que você diz.

Entrega: como você diz .

Relacionamentos: quem está dizendo isso.

Quando esses três aspectos do  ambiente estão trabalhando juntos para contar a mesma história, você cria um ambiente inesquecível para as suas crianças. Você não precisa de milhões ou uma multidões de voluntários. Você precisa de uma estratégia  em seu ministério.

Mas, antes de ir mais longe nesta discussão, eu gostaria de ouvir de você! O que você quer saber sobre a criação de ambientes ? Vou tentar o meu melhor para responder às suas perguntas durante a semana…

03/03/2014 at 22:38 Deixe um comentário

Obligatus, quero dizer… Obrigado

20140220110121A origem da palavra obrigado como forma de agradecimento vem do latim obligatus, particípio do verbo obligare, ligar, amarrar.
É a forma abreviada da expressão fico-lhe obrigado, ou seja, fico ligado pelo favor que você me fez. Quando nos tornamos devedores de outro por um serviço que nos foi prestado, criamos um elo, mesmo que momentâneo, e devemos agradecer.

“obrigado” vem do Latim OBLIGARE, formado por OB, “a”, mais LIGARE, “unir, atar”.

Quando dizemos “obrigado” estamos dizendo que nos sentimos ligados pelos laços do agradecimento a quem nos fez um favor .
Pense nisso… Durante todo este ano a quem você tem  que dizer obrigado pela ajuda ?
Seu pastor?
Voluntarios?
Crianças?

Vá em frente e  diga obrigado  a quem te fez feliz e te ajudou este ano. Deixem eles saberem que são importantes pra  você!
Ah…. e antes que eu me esqueça não esqueça de agradecer a ELE que nos da tudo para que vivamos nEle. Jesus!

28/02/2014 at 22:19 Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Click em follow this blog e receba notificações e novidades diretamente no seu e-mail.

Junte-se a 90 outros seguidores

Categorias

dezembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031